trabalhos com terra



          trabalhos



          sobre



    publicações



       contato


Somos o Matéria Base e trabalhamos com arquitetura, urbanismo, design, arte, tecnologia e cultura. Entendemos o trabalho na arquitetura como o de profissionais que operam com o desejo, com a técnica, com o desenho e com o afeto. A pluralidade alcançada, tanto na equipe que constituímos, quanto na diversidade dos trabalhos que executamos, participa na constituição de um ambiente verdadeiramente livre para a criação e para a produção.

O Matéria Base é um escritório que nasce, em 2012, com a associação de alguns arquitetos formados no final dos anos 90 e que tinham a vontade clara de desenvolver trabalhos coletivos sem a necessidade de se prender em modelos. Não se trata de uma equipe estanque, fixa. Trata-se de um território construído com a predisposição de agregar pessoas capazes de compor equipes aptas a desenvolver diferentes trabalhos. Esta liberdade permitiu, por um lado, a constituição de equipes mistas, envolvendo várias áreas do conhecimento, em diferentes momentos da trajetória do escritório – sempre agregando os conhecimentos dos novos atores – e, por outro, resultou em soluções diversas modeladas pelas situação e pelos desafios impostos em cada nova empreitada.

Aqui, operamos com projetos, assessorias técnicas, desenvolvimento tecnológico, montagens, construção e com formação.
Uma expertise oferecida pela empresa é a arquitetura e construção com terra. Devida experiência acumulada por um dos arquitetos fundadores, Fernando Minto, que trabalha com este tipo de construções desde 1996, a construção com terra se tornou um dos setores de maior investimento em pesquisas, ferramentas e formação de equipes. Para além de obras privadas – residenciais, comerciais e artísticas – operamos, também em processos de assessorias técnicas para políticas públicas e para organizações por autogestão.

As técnicas são construções sociais e coletivas e devem estar em sinergia com seu meio. O projeto de arquitetura deve considerar esta premissa e internalizar todas as influências do meio que constitui o território que circunscreve o seu objeto. Portanto, o projeto será um instrumento de mediação que conduz informação capaz de fazer do desejo, algo concreto. Para que isto aconteça do modo mais coerente possível, é necessário que a equipe de arquitetura desenvolva métodos de leitura e compreensão da realidade na qual opera, incluindo em suas agendas, para além dos aspectos formais e estruturais, as componentes afetivas, simbólicas, políticas, sensíveis e as demais agendas que compuserem a teia social daquele determinado objeto de trabalho. Esta será sempre uma premissa para nosso coletivo.

Matéria Base apresenta-se, aqui, então, como uma plataforma disposta a mudar e a ser mudada pelo trabalho e pelos parceiros, apta a incorporar novos conhecimentos e engajada na incansável busca por uma sociedade mais equânime, que respeita a natureza, as relações, e a técnica.










FERNANDO C. N. MINTO

Arquiteto e Urbanista, graduado pela FAU UNIMEP. Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP, e Doutorando pela FAU UFRJ-PROARQ. É professor na Universidade Santa Úrsula onde coordena o CANTEIRO EXPERIMENTAL e o ateliê Terra/tradição. Atua como arquiteto e urbanista em escritório próprio desde 2001. Foi associado da assessoria técnica USINA de 2006 a 2013. Pesquisador da RED ibero-americana PROTERRA e da rede TerraBrasil. Pesquisador do Laboratório de Culturas Construtivas do Canteiro Experimental Antonio Domingos Battaglia. Atualmente dirige o escritório Matéria Base Arquitetura e Urbanismo e compõe o Coletivo de Assessoria Técnica no Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino, atividade profissional do arquiteto, arquitetura e urbanismo, tecnologia da construção, canteiro experimental, habitação de interesse social e arquitetura com terra crua.



RAFAEL FOGEL

Graduando em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Ursula. Compõe a equipe do Matéria Base e do coletivo de assessoria técnica Catalise, atuando na Ocupação Solano Trindade, Duque de Caxias, onde desenvolve pesquisa de iniciação científica na FAU-UFRJ, com ênfase em processos construtivos com terra. É também membro do Instituto Araticum, projeto em Nova Friburgo-RJ, focado em permacultura e agroecologia. Organizou o VII Congresso de Arquitetura e Contrução com Terra - TerraBrasil 2018, no Rio de Janeiro.





IGOR BAHIENSE 

Graduando em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Ursula. Compõe a equipe do Matéria Base e membro do Coletivo Terra, atuando no assentamento Edson Nogueira, Macaé-RJ, onde está sendo desenvolvido uma unidade pedagógica de agroecologia, com ênfase na agricultura camponesa e em processos construtivos com terra. Organizou o VII Congresso de Arquitetura e Contrução com Terra - TerraBrasil 2018, no Rio de Janeiro.